Meninas no Salto

Marketing nas Olimpíadas 2012.

Salão Wella

As Olimpíadas 2012 acabaram com um resultado de 17 medalhas e a 22a posição no ranking geral dos jogos para o Brasil. Aproveitando o espírito Olímpico que ainda paira sobre o mundo, resolvemos abordar as ações promocionais que os patrocinadores usaram para se destacar durante os jogos. Afinal, as estrelas principais tomam todas as atenções e é quase impossível desviarmos o olhar do público que acompanha avidamente os atletas dos seus países.

Sabemos a visibilidade que um patrocínio de um evento como as Olimpíadas pode gerar, mas como destacar sua marca das demais que estão ali na mesma posição que a sua? Bem, nada como um benchmarking para começarmos a pensar em ações para as Olimpíadas 2016 no Rio de Janeiro. Confira aqui algumas ações:

salão Wella

P&G:  a campanha da P&G “Obrigado, Mãe!” marcou pela inovação e criatividade. Cada filial da P&G no mundo levou as mães dos atletas participantes desses países para assistirem seu filhos em Londres. As mães ficaram hospedadas na casa P&G e transitaram por diferentes espaços de ativação das marcas dessa multinacional. Os espaços salão Wella, a lavanderia Ariel, e a sala Pampers foram projetados para associar a marca corporativa a valores como carinho, afeto e cuidado. Além da casa, a P&G montou uma lavanderia Ariel no Crystal Palace, centro de treinamento dos atletas brasileiros. Houveram ativações também para as marcas Head and Shoulders e Pantene. Os internautas participaram das ações com a marca Gillette.

coca-cola

Coca-Cola: além do tradicional comercial temático para a Tv, a Coca-Cola, patrocinadora oficial desde 1928, focou no público adolescente e criou o “som na tampa”, onde as imagens nas tampas dos refrigerantes  representavam um som e quando reconhecidas pela webcam geravam a possibilidade de juntas compor uma música que poderia ser baixada ou compartilhada nas redes sociais. Foram criados também os ioiôs em quatro versões e os copos vendidos em parceira com outro patrocinador, o McDonald’s

Para os atletas competidores, a Coca-Cola montou um centro de hidratação e relaxamento Powerade distribuindo os 2 novos produtos da marca: Pro Hydratation e Pro Recovery.  A empresa também incentivou novos atletas ao levar 5 integrantes do Powerade time para conversarem com treinadores mundiais.

McDonald’s: com a responsabilidade de quebrar a resistência do público ao fato de uma rede de fast food se associar ao esporte, o McDonald’s criou uma ação com crianças de quatro países, incluindo o Brasil. As crianças desenvolveram receitas inovadoras utilizando legumes, verduras e frutas. O vencedor foi para Londres assistir aos jogos acompanhado dos pais.

Outro concurso lançado pela empresa com o tema “Viver o Espírito Olímpico” levou 200 crianças e adolescentes para acompanhar os jogos de perto.

A preocupação com ambiente também foi levantada pela empresa que se preocupou em usar mobiliário feito de material reciclável no espaço de 3 mil metros quadrados do restaurante oficial em Londres.

E não podemos esquecer de um ação simples, mas eficaz, o papel das bandejas que trouxe curiosidades de todas as Olimpíadas aos clientes da rede.

Nissan: de olho na opinião pública, além do stand na Casa Crystal, a Nissan disponibilizou carros que privilegiam o uso de energia limpa para o transporte das equipes no trajeto dos alojamentos aos locais das competições. A empresa também contratou 02 blogueiros com o objetivo de promover uma cobertura diferenciada dos jogos, levando em conta o olhar e impressões dos mesmos.

Samsung: a empresa disponibilizou o aplicativo Samsung Hope Relay que depois de baixado no smartphone monitorava as corridas do usuário e convertia cada quilômetro corrido em R$1,00 doado ao Instituto Vanderlei Cordeiro de Lima.

A empresa também montou stands nos shoppings e ruas de Londres chamados Samsung Cubes, cubos espelhados para expor os produtos.

Publicado por: Dea Dorea

Anúncios
Este post foi publicado em agosto 13, 2012 às 12:43 pm. Ele está arquivado em Comportamento, Evento, Marketing, Notícias, Responsabilidade Ambiental, Responsabilidade Social, Sustentabilidade e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Uma opinião sobre “Marketing nas Olimpíadas 2012.

  1. Pingback: A hora e a vez do consumidor. | Meninas no Salto

Deixe sua opinião. Não serão aceitos comentários agressivos, com linguagem imprópria ou considerados abusivos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: